By: mirago ligado: outubro 20, 2016 In: Alzheimer Comments: 0

Detectar os primeiros sintomas pode fazer toda diferença pois os efeitos dos medicamentos só ocorrem guando a doença dá os primeiros sinais:

Primeira Fase – Leve

  • Comprometimento das funções habituais com dificuldades para realização de atividades rotineiras como cozinhar, esquecer a comida no fogão ou até, jogar baralho.
  • Incapacidade para gerenciar a casa e quantificar valores.
  • Perda de memória de curto prazo, sem lembra-las mais tarde.
  • Esquecer-se das palavras mais simples ou utilizá-las inadequadamente.
  • Desorientação de tempo e espaço.
  • Os esquecimentos se agravam quando o doente é obrigado a executar mais de uma tarefa ao mesmo tempo. A perda de memória é progressiva e obedece a um gradiente temporal, segundo o qual a incapacidade para lembrar fatos recentes, contrasta com a facilidade para recordar o passado.

Nesse momento os familiares devem procurar um médico neurologista, geriatra, psiquiatra.

Segunda Fase – Moderada

  • Perda da noção do tempo e desorientação, como saber onde está, voltar para casa.
  • Discernimento fraco, não reconhecer uma infecção, usando roupas quentes no calor.
  • Trocar o lugar das coisas.
  • Esquecer completamente o uso dos números e dados. Não compreender o que é um aniversário.
  • Alterações de humor e comportamento. Confusão mental com desconfiança, silêncio, apatia, medo, agressividade. Da serenidade ao choro ou angústia, sem motivo aparente.

Prevalece a dependência para atividades do dia a dia. É necessário ter “sempre” alguém ao lado.

Terceira Fase – Grave

  • Dificuldade na fala, perda total da capacidade de ler, escrever. Acabam por não reconhecer os próprios familiares e até a si mesmos.

Totalmente dependentes para a higiene pessoal, comer, vestir-se.

Fase Terminal

Entregues e dependentes, o organismo não resiste às consequências da doença, como pneumonia, infecções urinárias, deglutição de alimentos…

Estudos mostram que a duração de cada fase também é extremamente variável. Em média, o primeiro estágio tem duração de 2 a 10 anos; o segundo, de 1 a 3 anos; e o terceiro, de 8 a 12 anos.

Não há uma causa única e específica para a Doença de Alzheimer. O consenso na comunidade médica é quanto há uma pré disposição genética conjugada com fatores ambientais, que não é necessariamente hereditária.

É importante que a sociedade conheça as práticas preventivas que adultos devem seguir para garantir a saúde mental, tais como ler livros, fazer atividade física, caminhadas, dedicar-se a pintura, praticar jardinagem, fazer quebra-cabeças, experimentar coisas novas, organizar o dia, adotar uma dieta saudável e não se afastar dos amigos e da família.

O diagnóstico considera a anamnese e uma série de exames que excluem outros males.

Tratamento adequado:

A associação da medicação com o treinamento cognitivo oferece a melhor resposta para a qualidade de vida do doente.

Atividades multidisciplinares como a , musicoterapia, terapia ocupacional, fisioterapia são exemplos de treinamentos.

Quando não conseguir lembrar de um nome, peça para que a pessoa o repita e então escreva.

Trackback URL: https://seniorlarcare.com.br/fases-da-doenca-de-alzheimer/trackback/