Quanto mais se estimular o idoso com atividades que solicitem atenção, concentração e raciocínio lógico, maior a chance de preservar e melhorar a capacidade cognitiva, inclusive nas pessoas com a Doença de Alzheimer e outras demências.

Os exercícios de estimulação são parte do tratamento multidisciplinar que ajudam o paciente e seus familiares e postergam o avanço do Alzheimer, constituindo-se em um momento de interação bastante agradável.

Musicoterapia

Terapia que desperta sensações adormecidas na Doença de Alzheimer.

A musicoterapia é uma intervenção terapêutica que se utiliza da música para promover melhora na qualidade de vida do paciente, bem como seu maior desempenho nos aspectos biopsicossociais.

O contato do doente de Alzheimer com a música torna a vida de toda família mais prazerosa.

A intervenção da musicoterapia no tratamento da pessoa com a Doença de Alzheimer tem como objetivo utilizar, resgatar e ampliar os componentes pessoais existentes nas sensações, percepções, afeto, escuta, habilidades motoras, espaciais, temporais, mobilização de energia, atenção, memorização, concentração e expansão. Estes componentes permanecem adormecidos devido à doença, podendo ser despertados por meio da música, pois, para se relacionar com a música, o paciente necessita acioná-los.

Treinamentos Cerebrais

Olho: Você costuma perder suas chaves, óculos, esquece onde deixou objetos, consultas, alguns compromissos, nomes e aniversários de pessoas próximas e queridas?

Nessas situações, sempre fica a dúvida sobreo que pode se fazer para deixar a memória mais afiada.

O estresse e a correria do dia a dia tornam o “lembrar-se de tudo” ficar cada vez mais difícil, porém hoje, com tanta tecnologia a nosso favor, encontramos atividades que podem ajudar a melhorar a capacidade cognitiva (capacidade de efetuar tarefas) do cérebro, deixando-o mais atento, saudável e forte.

Somos especialistas em atendimento domiciliar para pessoas com a Doença de Alzheimer, AVC, Parkinson.

Leve a Sênior Lar&Care para sua casa!